Notícias
14 de Março de 2019
Servidores podem destinar até 3% do IR para fundos de apoio a crianças e adolescentes

Valor será abatido do que o contribuinte deveria pagar ou somado à restituição

Servidores do Poder Judiciário de Alagoas podem ajudar crianças e adolescentes destinando até 3% do imposto de renda para fundos de amparo social. A iniciativa faz parte do projeto DestiNação, da Receita Federal, e tem apoio do Tribunal de Justiça (TJAL).

De acordo com o delegado da Receita Federal em Alagoas, Plínio Feitosa, esses fundos têm como objetivo financiar projetos voltados para a promoção e proteção dos direitos das crianças e dos adolescentes. "O procedimento pode ser feito diretamente no programa gerador da declaração de ajuste anual e não representa custo adicional", explicou o delegado, que conversou sobre a iniciativa com o presidente do TJAL, Tutmés Airan, no último dia 28.

"Essa é uma ação com apelo social grande, e o presidente Tutmés demonstrou bastante interesse e disse que divulgaria o projeto para os servidores. Ficamos bastante satisfeitos com esse apoio", destacou Plínio Feitosa.

O delegado da Receita Federal explicou ainda que o valor destinado será abatido do que a pessoa deveria pagar de imposto ou somado à restituição. Mais informações sobre o projeto podem ser conferidas aqui ou no site da Receita.

  • Banner
  • Banner
Nossos Parceiros